Weby shortcut
topo2
e-banner congresso intercultural

VIII Seminário Pensar Direitos Humanos acontecerá de 26 a 29 de julho, dentro do III Congresso Internacional Formação em Educação Intercultural e Práticas de Descolonização na América Latina.

A Rede de Formadores en Educação Intercultural para América Latina (Red FEIAL) e a Universidade Federal de Goiás (UFG), promovem, no período de 26 a 29 de julho, em Goiânia, Goiás, Brasil, o III Congresso Internacional Formação em Educação Intercultural e Práticas de Descolonização na América Latina. Dentro da programação do evento acontecem também o I Congresso Internacional sobre Patrimônio Cultural e Educação e o VIII Seminário Pensar Direitos Humanos, realizados respectivamente pelo Museu Antropológico da UFG, pelo Núcleo Takinahaky de Formação de professores Indígenas e pelo Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos da UFG.

Realização das Inscrições: 01/04/2017 a 26/07/2017. Envio de trabalho: 01/04/2017 a 08/06/2017.                                                                   Informações www.eventos.ufg.br/IIICIEI 

 

 

E-banner VIII Pensar

O III Congresso tem como objetivo promover um ambiente de reflexão, análise, crítica e intercâmbio de experiências no campo da educação intercultural e bilíngue/multilíngue, que contribua para a geração de conhecimentos e criação ou fortalecimento de projetos educativos alternativos, assim como para a formação de especialistas neste campo. O I Congresso sobre Patrimônio Cultural e Educação, buscará discutir e compartilhar experiências profissionais e institucionais relacionadas à educação em museus e ao diálogo intercultural estabelecido entre os museus e seus interlocutores, dentro do contexto de distintas concepções teóricas sobre patrimônio cultural. Já o VIII Seminário Pensar os Direitos Humanos tem, nos seus oito anos de existência tem se caracterizado como um espaço de consolidação e fortalecimento da área de Direitos Humanos, por meio do fomento do debate interdisciplinar e cooperativo entre seus pesquisadores e pela integração com a sociedade civil, objetivando a formação de cidadãos e cidadãs comprometidos/as com as lutas e garantias dos direitos humanos em geral, e culturais em particular.

Durante estes eventos acadêmicos acontecerão atividades diversas, tais como conferências, mesas de trabalho, painéis de especialistas de acordo com as várias linhas temáticas, diálogos com autores, apresentações de comunicações orais e pôsteres. Também serão realizados grupos de trabalhos com investigadores em formação e com estudantes de graduação e de pós-graduação das instituições participantes. A ficha de inscrição, bem como informações detalhadas sobre a programação estão disponíveis no link: www.eventos.ufg.br/IIICIEI 

SOBRE O III CONGRESO INTERNACIONAL FORMACIÓN EN EDUCACIÓN INTERCULTURAL Y PRÁCTICAS DE DECOLONIZACIÓN EN AMÉRICA LATINA

 O III Congreso Internacional Red FEIAL tem como antecedentes o I Colóquio Procesos de la diversidad cultural en la formación social y educativa, organizado pela UNAM (Universidade Autônoma do México), através da Facultad de Estudios Superiores Aragón (FES), a UnB (Universidade de Brasilia) e a UFG (Universidade Federal de Goiás), Brasil. Esta última, sediou o evento, ocorrido de 27 de junho a 07 de agosto de 2009. Com o interesse de dar continuidade a este trabalho de intercâmbio acadêmico entre México e Brasil, foi organizado o I Congreso Internacional La interculturalidad en la formación social: una perspectiva de la educación superior, o qual contou a participação de outras universidades e possibilitou acordos que  consolidaram a área, estreitando vínculos interinstitucionais particularmente entre a Facultad de Estudios Superiores Aragón, a Universidad Autónoma Benito Juárez de Oaxaca e a Escuela Normal Binligue e Intercultural (as duas últimas do estado de Oaxaca, México). Essa três instituições sediaram o I congresso.

O II Congreso Formación en educación intercultural, retos y desafíos del siglo XXI foi coordenado pela Universidad Autónoma Benito Juárez de Oaxaca. Aqui se destaca a inclusão da Universidad Veracruzana e o surgimento da Rede FEIAL (Rede de Formadores em educação Intercultural na América Latina), bem como a nomeação do Dr. Gunther Dietz como seu presidente. O objetivo é incorporar à Rede mais instituições de educação superior na América Latina e no Caribe e incluir, em uma etapa posterior, países de outros continentes, tendo como base a comunicação entre pares, além de outras redes acadêmicas que trabalham com a mesma temática.

A REDFEIAL tem como objetivos: 

  •  Promover a vinculação entre as instituições de educação básica, superior e instituições que favoreçam práticas de educação intercultural.
  • Identificar projetos, avanços, resultados e propostas de experiências de investigação na área de educação intercultural e bilíngue.
  • Fomentar uma cultura de investigação em educação na formação intercultual bilíngue e intercâmbios acadêmicos entre estudantes, docentes, pesquisadores e instituições.
  • Apoiar o desenvolvimento de programas e práticas de educação básica, de licenciatura e de pós-graduação a partir da perspectiva intercultural e bilíngue.
  • Fortalecer redes temáticas e grupos acadêmicos em educação intercultural e bilíngue.
  • Socializar e difundir os aportes teórico-metodológicos sobre esse campo de estudos nos cenários nacionais e internacionais.
Listar Todas Voltar