Weby shortcut
topo2

HISTÓRICO

Atualizado em 19/11/14 09:30.

O Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos existe formalmente desde abril de 2010, após aprovação pela Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação da UFG. Sua criação responde a um crescimento do trabalho desenvolvido pela UFG na área de Direitos Humanos, anterior a esse período que, naturalmente, gerou novas demandas de atuação.

Em 10 de dezembro de 1999 foi lançado oficialmente o Programa de Direitos Humanos da UFG (PDH-UFG), através da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC-UFG), a fim de integrar, de forma interdisciplinar e interunidades, o trabalho de técnico-administrativos e docentes da UFG no campo dos Direitos Humanos. No âmbito interno, o objetivo era articular as atividades que esses pesquisadores já vinham desenvolvendo isoladamente em suas unidades/órgãos (estudos, pesquisas, formação, ações de apoio e assessoria, participação em conselhos, programas radiofônicos, publicações). No âmbito externo, buscava-se articular atores sociais apontados como vetores fundamentais para a busca de soluções dos problemas relacionados à questão dos direitos humanos e da violência no Brasil: a comunidade acadêmica, a sociedade civil organizada e os gestores públicos. Dessa forma, procurava-se, ao mesmo tempo, responder às demandas da sociedade com vistas ao planejamento e desenvolvimento de ações conjuntas na área de formação e capacitação em direitos humanos, bem como dar sistematicidade às diferentes ações do corpo acadêmico da UFG comprometidas com a implementação de uma cultura cidadã, centrada na defesa e na proteção dos direitos humanos. 

Em janeiro de 2000, por meio de portaria, a PROEC instituiu formalmente o Grupo de Trabalho, formando a primeira Coordenação do PDH, que era composta por representantes das seguintes Unidades e Órgãos da UFG: Museu Antropológico/MA, Faculdade de Direito/FD, Rádio Universitária/RU, Faculdade de Medicina/FM, Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública/IPTSP e Núcleo de Estudos e Coordenação de ações para a Saúde do Adolescente/NECASA.  No presente, o PDH/UFG também conta com a participação de integrantes da comunidade acadêmica do Instituto de Estudos Socioambientais/UFG, dos Campi Cidade de Goiás e Jataí, do Núcleo de Estudos Africanos e Afro-Descendentes/NEAAD/UFG e do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade/ SER-TÃO/UFG. Este último, hoje já com autonomia e identidade própria, surgiu de iniciativas de pesquisadores e projetos iniciados e desenvolvidos a partir do PDH/UFG.

A Universidade Federal de Goiás tem acumulado, nas últimas décadas, uma significativa experiência de ensino, pesquisa e extensão em direitos humanos em todas as principais áreas de atuação previstas pelos PNDHs e pelo Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Ao completar 10 anos de atividades acadêmicas em 2010, o PDH/UFG, diante da grande demanda de pesquisas e cursos de pós-graduação, particularmente visando a docência, procurou alternativas para melhor subsidiar suas atividades relacionadas às diversas questões que envolvem o reconhecimento, a garantia e a educação em e para os direitos humanos no Brasil. Respondendo ao  crescimento do trabalho desenvolvido, principalmente com a ampla gama de ações de extensão universitária em DHs, o PDH apresentou e teve aprovada pela Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação a proposta de criação do Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em Direitos Humanos,  ampliando suas atividades de pesquisa e docência. 

 

      

Listar Todas Voltar